sexta-feira, 31 de maio de 2013

segunda-feira, 27 de maio de 2013

REFLEXÃO


Precisamos fazer uma reflexão para a construção de uma sociedade livre, sem neuras e ignorâncias. Onde todos possam viver sua sexualidade tranquilamente, aprendendo a lidar com as emoções sem recalques.

domingo, 26 de maio de 2013

tolinho


Quando penso como fui pretencioso, me dá vontade de pular num buraco para me esconder. Tipo assim de achar que só porque escrevi alguns textos, iria me transformar em O ARTISTA. Como fui tolinho...

vivo


Quero o mundo vivo e não mais o interpretado.

Minha bondade é mais forte.

O mal está em mim, mas o aprisiono com todas as forças da minha alma. Minha bondade é mais forte.

Como já disse uma vez


Deus está em mim.

caminho ingrime e pedregoso


Ao ler este ensaio, tive a impressão que caminhei numa estrada íngreme e pedregosa. Reli várias vezes para entender alguma coisa. Com certeza, preciso lê-lo novamente. Camus se utiliza do Mito de Sísifo, que narra o castigo de Sísifo e carregar uma pedra enorme várias vezes, para mostrar que muitas vezes somos condenados a viver um cotidiano enfadonho repetidamente. Mas, o que salva é o pensamento absurdo, o qual percebe que existe algo estranho no ar e que nada é tão perfeito como parece ser.

HÁ SECULOS


Tempos de iras que podem destruir tudo que construímos há séculos.

fome


Estou com fome de viver, mas tenho medo de devorar tudo e todos, surgindo um enorme vazio.

sábado, 25 de maio de 2013

vida vivida


Queridos, o frio já está por aqui, por isso bebam um chá quentinho de humildade e uma sopa quente de realidade. Vocês verão como é legal descer do pedestal do ego e viver a simplicidade da vida vivida.

como quiser


Estou em chamas... Interpretem como quiser. 
Não estou aqui para explicar, mas para viver.

outros tempos e vidas


Uma noite fria de sábado, já a senti em outros tempos e vidas.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Invisível


Sabe aquele momento que a pessoa completamente o ignora? Eu continuo o que estou fazendo, como se ela fosse invisível.

terça-feira, 21 de maio de 2013

segunda-feira, 20 de maio de 2013

medo


Tenho medo de escrever histórias repetidas, mas se acontecer aconteceu bola pra frente. Ao observar a História das sociedades tudo se repete, só muda os personagens.

domingo, 19 de maio de 2013

Não sou feliz...


 Mas tenho muitos momentos felizes. A busca da felicidade eterna é um peso muito grande e não faz a gente perceber os instantes felizes que chagam a ser verdadeiros milagres da vida. Não sou o homem dos grandes projetos, sou aquele que procura viver o momento e curti-lo.

NÃO SÃO A MESMA COISA


Já falei sobre isso, mas quero repetir. Felicidade e euforia não são a mesma coisa.

CRÍTICAS


Recebi tantas críticas pesadas, mas consegui sobreviver a elas. Sou forte.

SIMPLICIDADE


Eu assisti uma entrevista em que o entrevistado e entrevistador se alfinetavam toda horas. Gente, que show de ego!! Sou mais a simplicidade.

sábado, 18 de maio de 2013

CHEFE E LÍDER


O patrão ou o chefe domina os empregados num breve espaço de oito ou dez horas, mas o líder faz acreditar que a gente faz parte do todo da empresa, que somos colaborados e não funcionários. O primeiro usa o poder hierárquico e o outro o carisma. Por isso, tenho mais receio do líder, pois dependendo do caráter pode levar um indivíduo à ruína. Gosto de coisas mais claras, cartas na mesa. Você é o patrão, eu sou o empregado e farei o que mandar. Mas, minha cabeça é minha e ninguém me manipulará.

Por mim


Todos podem ser meus chefes. Mas, não vem mijar em cima de mim. Aí, o bicho pega. Sou humilde, porém corre sangue nas minhas veias.

ninguém gostaria de ser


Adoro ser aquele que ninguém gostaria de ser. Assim, não me enchem o saco e sou livre.

dono de mim


Não sou dono de mim, o inesperado acontece. Quando percebi isso, senti liberdade.

Um suspiro pleno vale muito mais que eternidades chatas.

POR FAVOR


Ah gente, por favor, quem não tem um castelinho de doces mentiras para se refugiar?

entranhas


O preconceito não está fora, mas nas entranhas.

MARCANDO TERRITÓRIO


O bicho homem não mija e nem caga para marcar territórios, mas fazem isso simbolicamente através de rituais como guardar lugar e objetos.

ser


Somos o que lemos, vemos, bebemos e comemos. Somos os outros também.

desejo


Quero ser as gotas da chuva que escorrem no vidro do carro.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

quarta-feira, 15 de maio de 2013

DEFECANDO


Para os que me ignoram ou pensam que sou retardado...

 ESTOU DEFECANDO PARA VOCÊS!!!!

VENCI


Venci a preguiça e caminhei hoje. Fique feliz, uma breve vitória de uma guerra muito antiga que ocorre dentro de mim.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

TORTURA


SESSÃO TORTURA NÚMERO I

De manhã, peguei um ônibus e o motorista para estar dirigindo um carro de corrida. Conclusão, fiquei todo moído ao me segurar para não cair.

SESSÃO TORTURA NÚMERO II

Quando voltei do trabalho, peguei um ônibus que tocava uma pagode irritante que repetia a mesma coisa: " Só no sentimento."


***

Realmente, para aturar isso, é muito amor e só sentimento.

A vida


É feita de instantes diversos que se tornam uno.

domingo, 12 de maio de 2013

deserto


Existe uma tendência de associar o deserto com o vazio. Mas, há vida no deserto: vegetações, animais e homens que atravessam a imensidão do deserto há várias gerações.

sábado, 11 de maio de 2013

CRIANÇA FRÁGIL


Geralmente os valentões agridem para proteger a criança frágil que há neles.

cacos


Recolher os cacos de si e continuar a viver é força pura.

ÀS ALTURAS


Mostrando meus comentários do face para minha mãe. Só elogio e meu ego vai às alturas.

Falarei o óbvio...



As pessoas carismáticas do bem levam ao céu e as do mal, ao inferno. Por isso, cuidado com as pessoas muito envolventes. Descubram se são do lado do bem, do contrário, serão marionetes em mãos erradas.

adaga afiadíssima


Há pessoas que se dizem amigas e nos abraçam e a gente nem percebe que o peito é perfurado por uma adaga afiadíssima.

zen


Estou num momento zen. Quero amar todo mundo.

âncora e asa


A razão é a âncora e a fantasia é a asa. Cabe a gente escolher o momento certo de usá-los.

paisagem interna



Respira fundo, imagine um lago tranquilo que reflete o céu e a montanha. Você está sentado à beira do lago a observar a paisagem. Os pássaros atravessam a imensidão da paisagem e os peixes percorrem as profundezas da água doce. Está tão leve que se sente flutuar. Esse paraíso está dentro de você e pode visitá-lo quando quiser.

A FERA EM MIM


Não sou máquina. Às vezes quero fugir de tudo. Mas, não vou cometer loucuras. O lance é se domesticar, para que a fera em mim NÃO faça estragos irreversíveis.

sexta-feira, 10 de maio de 2013

BREVE INSTANTE


Uma bela música acalma o corpo e a alma. Ficamos suspensos por um breve instante, mas magnífico.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

TIPO DE PESSOA


Hoje, no ônibus, sentei ao lado de uma moça que parecia essas jovens atrizes de cinema e de televisão. Ela é aquele tipo de pessoa que a gente nem imagina que faz cocô.

terça-feira, 7 de maio de 2013

Noite adentro...


A vizinha fala aos berros pelo celular, na varanda. Como desejo o silêncio total. O dia todo fui invadido por sons e músicas que não me agradam. Não quero ser chato, mas, cansa-me tanto a falta de limite das pessoas. Deus! Dê-me forças para não odiar. Quero tanto dar a outra face e abraçar a todos com muito amor e carinho.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

conto


Quando escrevi o conto GOZO DOENTIO, achei-o semelhante AO ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA de Saramago. Fiquei, no início, chateado, mas, já li livros parecidos como Madame Bovary de Gustave Flaubert e O Primo Basílio de Eça de Queirós. Apesar de narrativas diferentes, possuem histórias parecidas, ligadas à traição. Na realidade, todas as ideias que surgem na cabeça têm origem no imaginário coletivo da sociedade; então, as semelhanças sempre surgirão. Diferente do plágio. Bem... Um dia, consiga colocar uma forma mais original neste conto.

O MELHOR

Quando escrevo, busco o melhor de mim.

Amo de paixão


Fui caminhar, depois de ficar uma semana de molho( estava dodói). No meio do caminho começou a chover. Segunda-feira chuvosa, amo de paixão.

domingo, 5 de maio de 2013

busca

Tenho medo de me devorar, nessa busca incessante de saber quem sou realmente.

Em cada post...


Voo para lugares inimagináveis. Capturo um instante que vale mais que uma eternidade monótona. Nas redes sociais não só exponho minha intimidade, mas meus medos, equívocos e micos. Sou tão humano e a cada post publicado, percebo que isso é belo. As pequenas revelações se tornam grandiosas. Lógico, que em muitos casos escrever nas redes sociais não é literatura, mas pode ser uma experiência que leva ao céu e ao inferno. Principalmente, quando o texto fica truncado e mal escrito, devido ao ímpeto. Todavia, corro o risco de cair e me levantar a cada post.

VERTIGINOSO


Nas redes sociais o espaço público e o privado se misturam, tornando-se um labirinto vertiginoso.

 E vocês, sabem a saída?

Cair no abismo


Às vezes, sinto-me embrutecido. Talvez seja um mecanismo de proteção para continuar sobrevivendo. Se me afligir com qualquer mazela, poderei cair no abismo.

Ira


 Sempre existiu, mas, hoje em dia, ela está tão intensa e explode por qualquer motivo banal.

KIKO


Aqui em casa havia uma passarinho chamado Kiko. Ele fugiu e foi devorado por um gato ou gavião. Sinto que um pedacinho de mim foi devorado, também.

O que é arte?


É algo que preenche os espaços vazios da nossa alma. 

preguiça


Hoje a preguiça me aprisionou, mas consegui fugir. Mas, ela está em todo lugar, porque está em mim.

sábado, 4 de maio de 2013

Deslumbramento


Estou que nem criança que se deslumbra com coisas óbvias.

máscaras


Dizer discursos lindos é fácil. Quero ver experimentar os sentimentos verdadeiros, sem máscaras de palavras.

Não sei


Quem está realmente vivo hoje? (Zlavoj Zizek)( retirei do face de Livia Garcia Roza)

 R: Eu, não sei se estou vivo ou morto.

Óbvio


Perceber o óbvio não é perda de tempo. Pelo contrário, faz sair da mesmice.

FOTO

Eu acho que tirar foto e colocar nas redes sociais não é somente exibicionismo. Gosto de tirar foto minha e colocar nas redes como forma de me aceitar como sou e não ter medo do que as pessoas vão pensar de mim. É uma forma de libertação, que pode ser perigosa, muitas vezes, já que não sabemos quem está do outro lado do computador.

passado, presente e futuro


Com o passar do tempo, estou questionando a primeira ideia de que o passado, o presente e o futuro vêm hierarquicamente. Todos os dias, deparo-me com eles e me vejo em várias épocas. Muitas pessoas ainda com valores de uma sociedade machista e patriarcal, que se vestem modernamente e usam aparelhos eletrônicos de última geração.  
E o tempo flui tão rápido, diluindo o passado, presente e futuro em mim.  

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Eduardo, QUERIDO...




O remetente é aquele que manda a carta e escreve seu endereço na frente do envelope.

O destinatário é quem irá receber a carta e seu endereço é escrito na parte de trás, levando o selo do correio.

***

Eu e meus micos. Mas, o que me consola é que proporciono muito prazer para certas pessoas, que GOZAM ao ver outros se ferrando.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

medo


Tenho medo de me fragmentar ao ponto de não mais me juntar.

preferência


Prefiro ser fracassado a nunca tentar e se mascarar de vencedor.

ESSÊNCIA


Acho que já escrevi isso por aqui... minha essência é formada pelo que sou e pelo o que desejo ser.

No que você está pensando?


 Sempre que me deparo com essa pergunta no face. Tento respondê-la na franqueza. Penso em tantas coisas que elas giram giram giram e se tornam nada.

um dia


Confesso, sou um péssimo cronista. Tenho pressa, preciso ser mais crítico comigo mesmo. Um dia aprendo.

Gente...


Cuidado!!! Amigo escritor é um perigo. Pode transformar nossa vida em história. Por isso, pensem bem, antes de revelar alguma coisa para esse amigo escritor...

em mim


Não quero pensar, mas ser em mim que nem o universo.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

CAMINHO


Ser adulto é perceber que não se é livre. Refiro àquela liberdade romântica do homem totalmente livre. Não acredito nisso. Acho que não se conformar com o dia a dia enfadonho e aprender a lidar com a liberdade da melhor maneira possível, pode ser o caminho para uma vida melhor.

PALAVRA FIXA


Estou com a palavra labirinto fixada na cabeça.

BONS MOMENTOS


Não quero a eternidade, almejo o instante dos bons momentos.

Deixarei o tempo me levar


Sei que não vou inventar a roda e não estou dizendo que a ideia é minha. Mas, quero recolher mensagens que escrevo no facebook e colocar num blog. Terá um critério para colocar no blog, as mensagens não serão datadas. Selecionarei posts que podem se enquadrar em qualquer época. Aí, surge a pergunta: - E se o face sair de moda e aparecer outra rede social “tudo de bom”?-. Não sei responder essa pergunta. Deixarei o tempo me levar.

FLUIR


Quando a ignorância impera, o jeito é deixar a imaginação fluir e dar vida para esse mundo cinzento.

ironia e deboche


Gente, por favor, quando uma criança ou um adolescente mostrar um texto, tenha sensibilidade. Tudo bem que corrigir é necessário, mas uma palavra imprópria pode matar a imaginação e bloquear a criança e o adolescente a escrever. Corrija com carinho, mostrando que ao corrigir os erros de ortografia e de concordância, o texto ficará bem melhor. 

 Use a ironia e o deboche para os adultos.

ENCANTO


Quando escrevo e faço vídeo, não sou artista. Exerço meu lado criança e me imagino outras personas, que vivem diferentes aventuras. Gosto disso. Aí, vai ter uma pessoa chata que dirá, mas por que você não vive essas personas? Aí direi... Você, já viveu tudo na vida? Ou fez recortes e escolheu seus caminhos? Ninguém vive TUDO, ninguém consegue estar em vários lugares ao mesmo tempo. E outra coisa, há sonhos e desejos que não precisam ser realizados, pois acabará o encanto.

momentos


Há momentos que eu gostaria de ter um buraco portátil e sumir por algum tempo.

REDOMA DE VIDRO


Vivo a minha vida de acordo com minha essência. Não interpreto um personagem. Sou eu com minhas virtudes, defeitos e recalques. Não me escondo, sigo minha individualidade. Se você não acredita, não tentarei convencê-lo do contrário. Sou livre e não vivo numa redoma de vidro. Outra coisa, podemos viajar sem sair do lugar e viajar, mas, ficar presos em um cotidiano mesquinho. Enfim, a vida é um universo de escolhas e cada um segue o melhor para si.

outro eu


Não sei o que farei se encontrar alguém igual a mim. Se fugirei ou tentarei dialogar com meu possível outro eu.

CURIOSIDADE


Curioso, em muitas ocasiões, percebo-me a desempenhar o papel de conciliador de mim mesmo. Ponderando minha razão e desejos.

MIRAGEM


Tem pessoas que parecem miragem. Quanto mais a gente fica perto, ela se distanciam.

PAIXÃO


Nas redes sociais escrevo com paixão e quase com a velocidade dos pensamentos. Conclusão: Textos errados e desconexos.